sábado, 29 de novembro de 2008

Amigos, festas turcas, bebidas, bobagens e final de ano.


Sem frustrações pessoais dessa vez, é final de ano /o/ [como se coisas realmente fossem mudar no ano seguinte] Ok, 1 ano de blog e tal, tem que ser uma postagem decente não?! Final de ano, viagens e festas esperando, relembrar o inicio do ano com os amigos mais legais do mundo e tudo mais me deixa muito feliz. Esse ano foi bem produtivo, dessa vez não repeti o colégio, conheci quantias de gente nova e legal, teve decepções e vitórias, noites viradas falando bobagem com os amigos, eventos legais pra caralho, 1° medalha da vida [*¬*, tá, pra quem sempre foi loser uma medalha é a coisa mais mágica do mundo xD] loucuras, andar pelo lado de fora de vans em movimento, ser apresentado aos filmes turcos, shows, banhos de chuva e todo um ano afudê, apesar de sempre terem coisas ruins pra atrapalhar \o/ espero que o ano que vem seja mais divertido que esse e que tudo fique mais ou menos como está, que eu continue amigo das mesmas pessoas que conquistei esse ano porque elas são especiais pra caralho [pessoas especiais =B]. Fora esse sentimentalismo todo eu não queria fazer uma postagem falando de dramas pessoais, ou simples indignação com o estado atual do mundo, como sempre, nem questões existenciais de se conhecer ou não, azar! Agora eu quero aproveitar essa falta de conhecimento próprio e dar uma aproveitada na vida pra variar um pouco, poxa 17 anos e poucas historias pra contar, pelo menos agora são poucas, até os 16 era nenhuma história =D And go go, o céu ali fora cheio de nuvens cinzas convida pra um banho de chuva dentro de poucos minutos. Era isso gurizada, nada em especial, só mais uma postagem inutil em um blog impopular, blog impopular/pseudo intelectual/foda favorito XD
Se você se espantou com a quantidade da palavra "ano" nessa postagem, ok. eu também me espantei mas to com preguiça de corrigir.

quarta-feira, 26 de novembro de 2008

Espelho D'água


Nascemos originais, morremos cópias
Quem dera eu pudesse ver quem era
Assim de maneira alguma me tornaria outrem

segunda-feira, 24 de novembro de 2008

Anjo de asa única

Queimando por dentro, ira violenta.

Queimando por dentro, ira violenta.

Queimando por dentro, ira violenta.

Queimando por dentro, ira violenta.

Parte horrendo, e vazio.

Parte horrendo, e vazio.

Venha, venha, perdoais.
Não nos deixais encarar a morte.

Venha, venha, perdoais.
Não nos deixais encarar a morte.

Glorioso, nobre.

Venha, venha, perdoais.
Não nos deixais encarar a morte.

quinta-feira, 20 de novembro de 2008

Sabem Sempre Demais

Esse ae é um blues meu e do Dollee:

Ela gosta de fumar com seus largos lábios
Ela tem jogos de diversão e beijos de montão
Sempre pelas ruas, tão bem perfeitamente
A noite a deixa tão deprimida
E se você tentar afastá-la
Ela vai te arrastar pelo chão

Sabem sempre demais -4x
Esta é vossa vida real

Ele gosta de beber, um cara durão
Cigarros pra diversão e amores de montão
Sempre trabalhando e esperando a noite
A noite o deixa pronto
E o futuro está perfeitamente morto
em uma garrafa em sua cama

Sabem sempre demais -4x
Esta é vossa vida real

terça-feira, 18 de novembro de 2008

"...não precisa dizer nada, no silêncio do teu olhar eu encontro tudo o que preciso saber."


sexta-feira, 7 de novembro de 2008

It's up.


E lá se vão meus dias
um pouco mais vazios
e é como se nada fizesse sentido

você desapareceu
enquanto eu ainda
guardava um pouco de rancor

mas eu consigo sentir
preciso voar
eu sei que não posso mentir
nada pode parar

leve torpor
dor ou amor
tem diferença?
eu não sei...

eu não me importo
no final é sempre assim
mentindo pra mim mesmo
que eu chego ao fim. yeah!

quero desistir
cansei de sonhar
tudo tão confuso
que eu canso de esperar
Ocorreu um erro neste gadget