quinta-feira, 18 de junho de 2009

Rocha e Marta




Rocha era gordo, Marta magra

Rocha era rocho, Marta usava farda

Um dia eles se beijaram

E se morderam

E eles começaram a dançar freneticamente

Mas eles não queriam tanto assim

Então começaram a discutir

Rocha jogou nela uma pilha de livros

Marta retrucou com uma farpa
Eles eram um doce amargo e repunante


quarta-feira, 17 de junho de 2009

Sound of silence

Os mil
Mesmo que falemos, antes de Cristo
Ele nos derrubaria
E eu não faria nada, senão chorar

Dois mil, tem noção?
E o que é meu lá no pretérito
É que eu percebi que falo alto
Quando falo baixo

Você deixou tudo o que podia
Alí na mesa
Que é pra não esquecer
Que criamos uma nova forma de sentir
Que só há alguém que pode me ouvir

E lá pra trás
O que deixamos?
As lágrimas de quando Ele nos beijou
Os olhares de quando Ele nos apedrejou
O corpo de que comigo se deitou?

Pecado
É que percebi que falo alto
Quando olho pra baixo baixo
Garfunkel

quinta-feira, 4 de junho de 2009

My will resides on your body


Um brinde ao homem que disse uma vez: "Eu sempre vencerei."
Suas vitórias nos renderam frutos que alimentam a luxúria alheia.
Em várias aparências ele simplesmente dá as caras e lhe faz uma proposta.
Com classe e charme, nunca deixando transparecer seu verdadeiro nome (tantos que muitos ele mesmo desconhece).
Seu sonho em troca de um "pequeno favor".
Uma simples palavra te prenderá por toda a eternidade.
"Um dia todos irão ceder e sentirão o cheiro de enxofre e o calor da minha moradia."
Feito.
Ocorreu um erro neste gadget