segunda-feira, 8 de setembro de 2008

De volta para o futuro



Tempo. O que é isso? Pra mim é mais fácil deixar que um aparelho que possui um arco se movimente repetidamente em um círculo. Assim é bem melhor saber onde estamos. Quando ele parar teremos uma base. Pois para nós, o tempo pode variar e muito. Em um flash de pensamento não se sabe quanto tempo se passou, normalmente alguns segundos, mas depende do que estamos sentindo no momento. Alegria, felicidade, diversão passam rápido (é?) que nem sentimos o tempo. Talvez seja isso, o não sentir, pois ele não existe, só é algo que nos separa de momentos bons, seja quando ficamos tristes e queremos ficar alegres, seja quando vemos uma fotografia de quando éramos felizes, seja "quanto tempo falta pro ônibus chegar?". Ou, principalmente quando vemos as mudanças, o quanto crescemos fisicamente, aquela planta que virou uma árvore, aquele amigo de infância que encontramos do nada.
Acho que precisamos de algumas coisas para não enlouquecermos, onde estaríamos sem as marcações? ás vezes são coisas necessárias e aí nos sentimos que não somos grande coisa. O tempo nos arrasta como uma parede de vidro que nos empurra a uma direção que não sabemos. para alguns ela parece ser mais devagar, para outros mais rápida, para alguns até ela parece estar estacionada. Se ela não existisse... onde estaríamos? Perdidos? No tempo? No tempo x espaço? No espaço sem nenhum tempo onde nada muda? Num espaço? De fato não se sabe, ou quem sabe me diga . Mas, observando tudo, vejo há conexão [ humrrum ], o planeta em movimento precisa de ...? q
Precisa de um lugar ou uma coisa que nos empurre ao movimento [ á ação] e talvez seja isso, o tempo. Ou muito mais do que isso, claro.

Nenhum comentário:

Ocorreu um erro neste gadget